sábado, 25 de outubro de 2014

Como o Stress provoca Calvície











Verdade ou mito?


O Stress compromete o nosso sistema circulatório periférico , afectando a fixação dos folículos de cabelo.
Níveis baixos de cortisol no organismo , devido ao stress mais intenso, também influenciam a queda de cabelo.

De acordo com o Dermatologista Arthur Tykonciski , o organismo pode precisar de vitaminas e proteínas extra, e desviar nutrientes que estavam destinados à região do couro cabeludo para outras áreas onde façam mais falta, pois ele imagina os cabelos como algo menos “prioritário”, há zonas que precisam ser nutridas primeiramente.

Sob situações stress o nosso organismo irá produzir uma substância denominada estriol, que pode afectar a entrada de nutrientes na região capilar.

Por vezes o aumento de oleosidade no cabelo e o surgimento de caspa são interligados a episódios de stress. Também há casos de alopecia areata (paragem repentina de crescimento de cabelos numa área do corpo) após uma grande carga stressante ou depressão. (pode ser em alguns casos, problemas no sistema imunitário, porém o stress também afecta o sistema imunitário).


Dicas:

Não poderíamos deixar de referir: evite o stress, aprenda a relaxar, meditar.

Não lave o cabelo várias vezes ao dia, lave apenas quando for necessário. Enxagúe bem os cabelos. 
Não durma com cabelos húmidos.

Aumente o consumo de proteínas, carnes, leite, queijos, yogurtes.

Coma produtos ricos em magnésio como : Abacaxi, abacate, sementes de abóbora, sementes de girassol, amêndoas, tofu. Ou tome suplementos de magnésio.


O Zinco é um mineral fundamental para a vida saudável do cabelo, quando há baixos níveis de zinco nota-se perda de cabelo. Alimentos ricos em zinco. Perú,  carne de vitela cozida, ostras, feijão de soja, sementes de abóbora, amêndoa, amendoim. 

Sem comentários: